Buscar

27/05/2020

O destaque positivo da semana vai para Magazine Luiza. A varejista se beneficiou com o avanço expressivo do e-commerce e apresentou resultados surpreendentes no primeiro trimestre apesar do fechamento de lojas físicas.


Em um primeiro momento, a retração de 77% no lucro líquido e 16% no Ebitda na comparação com o 1T19 pareciam indicar um sinal de alerta. Entretanto, a companhia obteve sucesso no comércio eletrônico e a receita líquida registrou um salto de 21%, fruto do expressivo volume de vendas digitais no período que já superam 50% das operações totais do grupo.


Mesmo operando com menor margem, o Magazine Luiza mostrou uma posição bastante confortável na digitalização do varejo brasileiro, com um crescimento de 185% do marketplace e otimização de serviços, contando com menores prazos e custos de entrega através da Logbee, empresa de logística do grupo.


Novas melhorias no Superapp, parcerias com grandes sellers nas subsidiárias Netshoes e Zattini, o vasto portfólio da Época Cosmético são alguns dos fatores que consolidam a rede no concorrido varejo virtual. Por fim, a criação do Magalu Pagamentos visa oferecer serviços financeiros e empréstimos a sellers e clientes, ampliando a capacidade de crescimento do grupo.


Fontes:

Infomoney

RI - MagaLu



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo