Buscar

23/09/2020

💸Banco do Brasil


O Banco do Brasil foi fundado em 1808, por Dom. João VI. O Banco era uma espécie de “banco central”, sendo o quarto banco emissor do mundo e a primeira instituição bancária brasileira.


O Banco opera na forma de sociedade de economia mista (atualmente União é titular de 50,0…1% das ações) e, desde sua criação, é usado para servir aos interesses governamentais do Brasil, hora mais, hora menos.


Talvez, uma boa ilustração seja uma das primeiras crises vividas pelo Banco, em 1829. Considerado culpado pelo forte processo inflacionário do país, fruto da emissão de papel-moeda para financiar movimentos políticos, o Banco teve liquidação decretada por lei.


Em 1851, 18 anos após o encerramento das atividades do Banco, o Barão de Mauá (re)criou o “Banco do Brasil”. Porém, apenas em 1853, por ordem do Ministro Joaquim José Rodrigues Torres (Visconde de Itaboraí), fundiu-se o banco de Barão de Mauá com o Banco Comercial do RJ. Estava oficialmente recriado o Banco do Brasil.


Mais de um século depois, um importante marco para o Banco foi em 1964, quando houve a criação do Banco Central do Brasil, o qual absorveu as funções monetárias do Banco do Brasil, que pôde voltar-se mais para atividades bancárias.


Em 2006, após mais de 100 anos de listagem em bolsa, aderiu ao Novo Mercado, apesar de muitos investidores ainda considerarem o “risco-Estado” alto.


O Banco é reconhecido pela forte presença no agronegócio. Além disso, vem conquistando bons resultados rece

ntemente. Foi eleito empresa do ano de 2014 pela ISTOÉ Dinheiro e, em 2019, foi eleito instituição financeira mais sustentável do mundo pelo ranking Global 100, da Corporate Knights.


E você? O que acha deste modelo de negócio?


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo