Buscar

08/07/2020

O destaque negativo da semana vai para a companhia de turismo CVC. A empresa enfrenta sérios problemas de governança e sequer apresentou os informes de resultados de 2019. Além disso, cometeu erros contábeis que levaram a perdas no valor R$ 350 mi nos últimos 4 anos, dos quais apenas R$ 55 mi podem ser recuperados via impostos indevidamente pagos.


Dois balanços atrasados diante de todas as outras empresas listadas na B3, a CVC pode estar lutando para não quebrar. Os impactos da pandemia afetaram drasticamente o setor de turismo na qual está inserida, sendo necessário arcar com R$ 96 mi para o cancelamento de passagens e viagens.


A empresa também pode se complicar com fornecedores e parceiros. Estima-se que a inadimplência nas contas a receber de clientes seja de R$ 72 mi. Vale destacar, também, que a CVC possui um saldo próximo a R$ 380 mi com companhias aéreas, enfrentando o risco de que não paguem suas obrigações e, até mesmo, parem suas operações no setor de aviação.


Por fim, a empresa de turismo também sofre com baixa de ativos. A aquisição de empresas na Argentina inclui perdas próximas de R$ 400 mi devido ao impairment de ativos intangíveis, que dificilmente serão utilizados enquanto a CVC opera limitadamente.


Fontes:

Globo

RI - CVC



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo